Partilhar

As melhores brincadeiras folclóricas - como brincar?

As melhores brincadeiras folclóricas - como brincar?
Fonte: diadeaprenderbrincando.org.br

Curupira, Cuca, Saci Pererê, Iara, Boitatá… Quem não conhece esses personagens típicos do folclore brasileiro? De origem inglesa, a palavra folclore é uma junção dos termos folk (que significa povo) e lore (que significa conhecimento). Ou seja, o folclore é o conhecimento trazido pelo povo, seus costumes, crenças e até mesmo a forma de brincar! O folclore faz parte da identidade nacional e ajuda a criar um sentimento de tradições e passado em comum. No entanto, uma vez que o Brasil é um país de proporções continentais, cada região tem seu folclore específico. Continue em umCOMO e aprenda a brincar com as melhores brincadeiras folclóricas: ariah pexih, gato e rato, batata quente, pé de lata, polícia e ladrão, escravos de Jó e amarelinha!

Também lhe pode interessar: Verdade ou Desafio, as melhores perguntas!

Brincadeiras folclóricas da região Norte

A região Norte abrange uma parcela significativa do território brasileiro e dela fazem parte os estados do Amapá, Acre, Amazonas, Rondônia, Roraima, Pará e Tocantins. É na região Norte que está a Floresta Amazônica e, devido a esse contato com a natureza, o folclore da região é bastante forte.

Ariah Pexih

Uma brincadeira folclórica típica da região Norte é o Ariah Pexih (que significa “pé de galo” em tupi), e é uma boa opção para brincar na piscina, na lagoa, no rio ou na praia. Nessa brincadeira, as crianças sobrepõem as mãos para formar uma espécie de torre - feita a torre, elas sacodem as mãos cantando repetidamente “Ariah Pexih, Ariah Pexi”. Quando a música acaba, todos têm que mergulhar na água!

Gato e Rato

Outra brincadeira folclórica da região Norte é o Gato e Rato. Essa brincadeira precisa de quatro participantes:

  • Dois batem a corda;
  • Um é o gato;
  • Um é o rato.

Enquanto o participante que é o rato pula a corda, ele está a salvo dos ataques do gato. No entanto, quando para de pular, é perseguido pelo gato - e só volta a ficar isolado do jogo quando volta a pular. Divertido, não é?

Brincadeiras folclóricas do Nordeste - jogos folclóricos

Fazem parte da região Nordeste os estados do Alagoas, Bahia, Ceará, Maranhão, Paraíba, Pernambuco, Piauí, Rio Grande do Norte e Sergipe. O Nordeste tem diversas brincadeiras folclóricas que vão entreter a garotada.

Batata quente

Uma muito popular é a batata quente: nesse jogo folclórico, as crianças ficam sentadas em roda e vão passando a “batata quente” (que pode ser uma bola, uma pedra, etc) para o colega do lado, enquanto uma música toca no fundo. Quando a música parar, quem tem a batata quente na mão sai do jogo.

Pé de Lata

Entre os brinquedos folclóricos mais populares no Nordeste está o pé de lata. Para construir esse brinquedo, são necessárias duas latas vazias e um barbante. Um adulto deve fazer dois furinhos na lateral de cada lata para passar o barbante, que deve ser de altura suficiente para que a criança possa segurá-lo. Após o brinquedo pronto, o pequeno ficará alguns centímetros mais alto!

As melhores brincadeiras folclóricas - como brincar? - Brincadeiras folclóricas do Nordeste - jogos folclóricos
Fonte: uol.com.br 

Brincadeiras folclóricas da região Sudeste

Na região Sudeste do Brasil estão os estados do Espírito Santo, Minas Gerais, Rio de Janeiro e São Paulo.

Polícia e ladrão

Um dos jogos folclóricos mais comuns em toda a região é o polícia e ladrão, um tipo de pique-esconde. Nesse jogo, os “ladrões” se escondem e o participante que faz a “polícia” tem que encontrá-los. Saiba mais sobre este jogo no artigo Como brincar de polícia e ladrão.

Escravos de Jó

Outro jogo folclórico muito popular entre as crianças é o Escravos de Jó, muito parecido com a batata quente da região Nordeste. Sentadas em roda, as crianças passam um objeto (que pode ser uma bola, uma almofada, etc) umas paras as outras enquanto cantam a seguinte cantiga: "Escravos de Jó jogavam Caxangá, tira, põe, deixa o Zé Pereira ficar / Guerreiros com guerreiros fazem zig - zig - zá." Quando a música para, quem está com o objeto na mão é eliminado do jogo!

Brincadeiras folclóricas educação infantil

Uma boa opção de brincadeiras folclóricas para maternal e educação infantil é a amarelinha, muito comum em todo o Brasil e muito fácil de ser organizada, pois exige poucos recursos. Os elementos para compor essa brincadeira são:

  • Giz para riscar a amarelinha no chão;
  • Pedrinha para escolher os quadrados.

Para fazer a amarelinha, desenha-se um traçado no chão que vai da terra ao céu, e entre eles sete quadrados numerados, como na imagem. A brincadeira consiste em a criança jogar a pedrinha em um quadradinho o mais próximo possível do “céu” e ir pulando até lá. Mas cuidado! Não é permitido pisar no quadrado onde está a pedrinha e você só pode usar um pê para pisar o chão. O grande desafio desse jogo é manter o equilíbrio.

As melhores brincadeiras folclóricas - como brincar? - Brincadeiras folclóricas educação infantil
Fonte: primeiramao.pt

Se pretende ler mais artigos parecidos a As melhores brincadeiras folclóricas - como brincar?, recomendamos que entre na nossa categoria de Atividades recreativas.

Escrever comentário sobre As melhores brincadeiras folclóricas - como brincar?

O que lhe pareceu o artigo?

As melhores brincadeiras folclóricas - como brincar?
Fonte: diadeaprenderbrincando.org.br
Fonte: uol.com.br 
Fonte: primeiramao.pt
1 de 3
As melhores brincadeiras folclóricas - como brincar?

Voltar ao topo da página