Partilhar

Como ter cactos bonitos

Por Sara Viega. Atualizado: 18 dezembro 2017
Como ter cactos bonitos

A evolução dos cactos é produto de uma luta contínua contra a perda de umidade. No processo perderam as folhas, deixando o trabalho da fotossíntese para os caules, e acumularam grandes quantidades de água em seus tecidos. Desenvolveram estruturas chamadas aréolas, substituindo os brotos, que são as que geram espinhos, penugens, novos ramos e flores. Ao viver em áreas de calor extremo, os cactos realizam o intercâmbio de gases durante a noite, de maneira que enquanto dormimos eles consomem CO2, ao contrário do resto das plantas. A seguir explicamos como ter cactos bonitos e saudáveis.

Também lhe pode interessar: O que são plantas xerófitas
Passos a seguir:
1

Os cactos aguentam bem a seca, mas como todas as plantas também precisam de água para viver. Convém deixar que o substrato seque entre as irrigações. É muito importante que a terra não fique encharcada, muita água e, sobretudo, um substrato mal drenado provocam o aparecimento de fungos e a morte da planta. De fato, um dos maiores erros no cuidado dos cactos é o excesso de irrigação.

2

A irrigação depende de muitos fatores, exposição, época do ano, tipo de substrato, clima, se está no vaso ou na terra, o material do vaso, se está no exterior ou não. Assim em uma área muito quente e seca, um cacto no vaso de barro direcionado para o sul precisará de mais irrigação na mesma época do ano em relação a um cacto plantado na meia sombra, diretamente na terra em uma área mais temperada e chuvosa.

3

Durante o verão, uma irrigação do cacto a cada 10 dias pode ser correto como referência, na primavera e no outono a irrigação deve ser mais espaçada. Durante o frio invernal não é necessário regar. Mas dentro de casa e com a calefação é necessário regar ocasionalmente durante o inverno para evitar que seque completamente o substrato.

4

Como norma geral, a maioria dos cactos do deserto preferem uma exposição ensolarada. Os cactos epífitos, por sua vez, precisam de uma posição na meia sombra, mas com muita luz. Os cactos recém-transplantados, os muito jovens e os que passaram uma temporada no interior também requerem uma exposição mais sombreada no seu período de adaptação.

5

Dentro de casa, os cactos precisam de luz em abundância. Portanto, devem ser colocados junto às janelas ou utilizar alguma fonte de luz artificial.

6

Muitos cactos, que provêm de zonas de deserto onde as noites podem ser muito frias, têm uma resistência moderada ao frio. No entanto, entre as 2000 espécies de cactos, muitos são de climas mais tropicais e não toleram as baixas temperaturas. O melhor é se informar ao adquirir a planta.

7

As chuvas invernais tornam os cactos mais sensíveis aos frios posteriores. A combinação excesso de água mais o frio podem ser fatais. Se for possível, leve-os para dentro de casa enquanto dura o inverno.

8

Os cactos devem ser adubados, sobretudo os que estão no vaso, já que os substratos específicos costumam ser muito pobres em nutrientes e com muita capacidade de drenagem. Muito adubo, em especial o nitrogenado, terá como consequência o crescimento verde da planta em forma de tecidos fracos, menos resistentes às doenças e às temperaturas extremas. Corre-se o risco também de prejudicar a floração.

Dica: Confira também como plantar cactos em vasos pequenos e decore o interior da sua casa!

9

Deve-se adubar somente durante o período ativo do cacto, uma vez por mês e sempre com moderação. A adubação deve ser suspensa no final do outono e durante todo o inverno.

Falando nisso: Como cuidar de cactos com flores

Se pretende ler mais artigos parecidos a Como ter cactos bonitos, recomendamos que entre na nossa categoria de Ciência.

Conselhos
  • Fale com seu jardineiro para ter um cacto bonito e saudável.

Escrever comentário sobre Como ter cactos bonitos

O que lhe pareceu o artigo?
1 comentário
A sua avaliação:
celia
meu cacto esta amarelando na base junto a terra, posso cortar e replanta-lo?
Cláudio Ehlers
Depende do tipo de cacto. Geralmente quando eles amarelam ou tendem a secar perto de sua base é resultado de fungos oriundos de falta de nutrientes na terra ou de excesso de água.

Como ter cactos bonitos
Como ter cactos bonitos

Voltar ao topo da página