Partilhar

Como escrever um conto de mistério

Por Sara Viega. Atualizado: 16 janeiro 2017
Como escrever um conto de mistério

Tem vontade de se iniciar no mundo da escrita? O gênero de mistério é o que você mais gosta? Então pode começar a criar o seu conto de mistério seguindo uma série de recomendações que farão com que a sua história seja original, divertida e literária. O primeiro a ter em conta é que um conto, ao contrário de um romance de mistério, é de uma extensão mais breve e, portanto, o desenvolvimento deve ser mais rápido sem por isso perder a lógica nem a intensidade. Neste artigo de umComo contamos a você como escrever um conto de mistério dando as dicas básicas que farão com que você escreva um bom tempo.

Também lhe pode interessar: Como escrever um conto de terror
Passos a seguir:
1

Antes de pôr mãos à obra com a redação do seu conto de mistério é importante que especifique quem será seu protagonista. Um dos fatores essenciais de um conto é a personagem principal que, com seus medos e seu talento para resolver crimes, consiga simpatizar com o leitor e desenvolver um enredo lógico e verossímil.

Portanto, para fazer um conto de mistério a primeira coisa a fazer é pensar em seu personagem e responder a algumas perguntas sobre ele mesmo para lhe dar verdade; algumas que pode começar a resolver são as seguintes:

  • Nome completo.
  • Informação básica do seu núcleo familiar (pais e irmãos): profissões, características de sua personalidade...
  • Descrição física completa sobre a personagem: altura, peso, raça, cor de cabelo, olhos, maneira de vestir, etc.
  • Defina alguma mania ou hábitos estranhos.
  • Quem é seu modelo a seguir (se admira alguém em concreto, se algo lhe inspirou, etc.)
  • Sua personagem se arrepende de algo que fez?
  • Sua atitude frente à vida: é otimista ou pessimista?
  • É religioso, político, ativista, etc.?
  • Estado civil: solteiro, casado, divorciado...
  • Tem amigos?
  • Tem algum vício como o fumo, o álcool, as drogas, o sexo, etc.?
  • Hobbies.

Uma vez que você já tenha um desenho sobre a sua personagem, já começa a ser mais real e a se formar em seu inconsciente, assim já pode continuar com outros aspectos essenciais para seu conto. Neste artigo de umComo damos a você conselhos básicos para que aprenda a escrever um conto.

Como escrever um conto de mistério - Passo 1
2

O seguinte passo para escrever uma história de mistério consiste em pensar no argumento do mesmo; determine qual será o núcleo sobre o qual se moverá o mistério e tente, antes de mais nada, que seja original saindo dos clichês. É verdade que há grandes temas universais sobre os quais se relacionam os contos de mistério e que, de fato, são os que mais movem os leitores, mas, quando escolher o mistério em questão, é importante dar um toque diferente e único à sua história, se não, o seu conto não deixará de ser mais um dentro da grande quantidade de literatura de mistério que existe.

Os temas que podem servir como inspiração para escrever o seu conto são os seguintes:

  • Conflitos com alguma herança familiar.
  • Segredos inconfessáveis de família.
  • Infidelidades e mentiras conjugais.
  • Chantagens e/ou negócios no mercado negro (drogas, prostituição, falsificação de dinheiro, etc.)
  • Profecias ou maldições que se cumprem.

Uma vez escolhido o tema que mais chama a sua atenção, dê um toque original e diferente ao conflito. Por exemplo, se escolher o tema do mercado negro, não fale de drogas ou prostituição porque é um tema já muito falado; opte, por exemplo, por falar do tráfico de animais, da falsificação de loteria, etc.

Como escrever um conto de mistério - Passo 2
3

Oposto ao protagonista, agora deve pensar no "malvado", na pessoa que comete a ilegalidade ou o crime sobre o qual se trata o seu conto. Do mesmo modo que definimos a personagem principal, deve fazer o mesmo com seu vilão, mas fazendo uma análise mais profunda da sua personalidade para que possa determinar de maneira racional e lógica o motivo de seus crimes. Em um conto de mistério é essencial que tanto o argumento como a sua resolução sejam lógicas e coerentes; o leitor também deve entender a personalidade do malvado do filme para que o conto seja bom e acabe agradando todos os públicos.

Também não se deve esquecer que em uma história de mistério o fator surpresa é essencial, por isso evite usar clichês típicos como que o malvado é o mordomo ou o marido e experimente com outros personagens que possam deixar o leitor de boca aberta. Um truque é fazer que o criminoso seja uma pessoa próxima ao protagonista (seu pai, seu melhor amigo, seu filho, etc.), desta forma, o leitor estará habituado a ele e a surpresa será grande.

Como escrever um conto de mistério - Passo 3
4

Agora que já pensamos no protagonista, no antagonista e no argumento, vamos começar a tratar já de temas puros do conto como, por exemplo, a voz narrativa de seu conto. Quem vai contar a história? Pode escolher entre um narrador omnisciente, ou seja, um que fala na terceira pessoa e que não tenha ligação com a mesma, ou pode decidir que seja escrito em primeira pessoa por algum dos personagens do conto.

Ao invés de fazer com que a história seja explicada pelo detetive, pode fazer que seja o criminoso a falar e a ganhar a empatia do leitor; também pode optar por um conto em duas vozes nas quais se intercale o detetive com a visão do delinquente; outra opção é contribuir com a visão de uma testemunha que, de sua casa, se inteire de toda a investigação. A escolha é importante porque, dependendo dela, o conto estará escrito de um modo ou de outro.

Como escrever um conto de mistério - Passo 4
5

É extremamente importante determinar também qual será a resolução do conflito, isto é, o desenlace de seu conto. Não se esqueça que para que seja um bom conto, o final deve ser surpreendente, inesperado e lógico; há muitos autores que, sem saber muito bem como terminar o argumento, acabam propondo um final pouco credível e sem sentido em relação a como se desenvolveu o enredo. Assim, pense bem como quer que tudo se resolva para que o leitor o compreenda, o veja como verosímil e não o espere.

Para que o leitor fique satisfeito com o conto é importante que a resolução do crime seja feita desde um ponto de vista racional, por isso tudo aquilo que tenha a ver com o divino ou supersticioso não se encaixa neste gênero literário. A casualidade, a intuição ou um sonho premonitório não será suficiente para poder concluir seu conto de mistério, pois parecerá que você quis acabar rapidamente com o conto.

Para conseguir este final surpreendente que procuramos pode ter lançado, durante o transcurso do conto, algumas pistas falsas que tenham dado a entender ao leitor que o "malvado" é outro, desta forma, conseguirá um resultado inesperado. Mas também não vale dizer "foi este" e pronto: para que esteja tudo completamente fechado deverá explicar em detalhes todas as pistas que levaram a descobrir o culpado, bem como resolver todas as pistas falsas.

Como escrever um conto de mistério - Passo 5

Se pretende ler mais artigos parecidos a Como escrever um conto de mistério, recomendamos que entre na nossa categoria de Ciência.

Escrever comentário sobre Como escrever um conto de mistério

O que lhe pareceu o artigo?
4 comentários
A sua avaliação:
Ana Borges
nossa, sem palavras! essas dicas me ajudaram bastante a fazer meu conto de mistério, vou fazer um trabalho desse pra escola é essas dicas estão me ajudando mto! com essas dicas tenho certeza que vou tirar uma nota boa! Obrigada, parabéns!
A sua avaliação:
PAOLA
vcs me ajudaram muito obg . Muitas das coisas que vcs´falaram eu já até tinha pensado
Ana Paula Barbosa Rezek
Gostei muito das dicas. Achei simples e eficiente, era isso mesmo que procurava. Obgda.
Editor umComo.com.br
Oi Ana Paula! Que bom que as dicas foram úteis. Continue nos acompanhando :)
A sua avaliação:
josue
gostei mesmo!!!
Sara Viega (Editor/a de umCOMO)
Oi Josue! Que bom saber que foi do seu agrado! Muito obrigada pelo seu comentário e continue acompanhando a nossa página :)

Como escrever um conto de mistério
1 de 6
Como escrever um conto de mistério

Voltar ao topo da página