Partilhar

Como escrever um conto de terror

Como escrever um conto de terror

Quer se iniciar no mundo da escrita? O gênero do terror é um dos mais divertidos tanto de escrever como de ler, pois o autor tem que se colocar na pele da personagem, enfrentar situações horrorosas e tentar tirá-lo daí da forma mais natural possível. Conseguir criar medo é tão difícil quanto conseguir fazer rir mas, uma vez que se consegue, a satisfação é espetacular. Ainda dentro do terror, é válido dizer que o conto é um boa opção para os iniciantes, afinal, trata-se de um texto de terror pequeno em relação a um romance ou novela, exigindo um pouco menos daqueles que estão começando a colocar em prática sua criatividade na escrita.

Se você quer escrever um texto do tipo e precisa de uma ajudinha, continue lendo esse artigo do umCOMO pois vamos te contar como escrever um conto de terror passo a passo para que você crie uma história horripilante. Preparado?

Também lhe pode interessar: Como escrever um conto de mistério

Escolha um público alvo

Todo texto tem um público alvo, seja uma produção criativa, um rótulo de embalagem ou um artigo do jornal. Já que os diversos públicos exigem e se adaptam a conteúdos diferentes e se interessam por tipos distintos de escrita, temos que ter em conta algo muito importante antes de começar a escrever um conto de terror: a que público queremos nos dirigir?

Estipular qual é o grupo que você deseja ter como leitor é importante pois não é o mesmo escrever um conto para crianças que para um leitor adulto, assim como é diferente escrever um texto narrativo criativo destinado ao entretenimento e um texto científico voltado para especialistas da área. Quando tratamos de um texto narrativo, a escolha das personagens, do enredo, do vocabulário e do final certamente são diferentes de acordo com o público que escolhemos. Tendo isso em mente, o primeiro passo para iniciar uma redação de terror é determinar os seus leitores para poder começar a estabelecer os seguintes pontos da escritura.

Também é importante que, antes de começar a escrever este tipo de contos, você conheça alguns textos dos mais destacáveis do gênero. Para se inteirar no mundo do terror, veja também os melhores contos para Halloween repletos de mistério e terror.

Defina personagens

Tendo o público alvo em mente, agora temos que começar a imaginar os nossos personagens. Como a intenção é escrever um conto breve, não um romance, teremos que pensar num perfil de personagem básico e verossímil. Isto é, não é necessário inventar todos os antecedentes, sonhos ou frustrações para poder fazer um bom conto, mas sim, teremos que construir um personagem realista e coerente, com paixões lógicas e uma tomada de decisões que possa ser credível. Ainda que não seja necessário e que nem ao menos haja espaço em um conto para contar a vida de personagens com detalhamento, é importante que contemos alguns fatos ou traços relacionados aos personagens que os conectem à narrativa.

Tendo em vista o que foi dito acima, para criar personagens de contos teremos que fazer perguntas do tipo:

  • Que aparência física tem? (Idade, altura, corpo, se tem cicatrizes que sejam relevantes para o enredo etc.)
  • Quem é a sua família? (Profissão dos pais, se vem de uma família humilde ou rica, onde foi criado etc.)
  • Qual é o seu maior medo? (Isto é importante para poder determinar o nosso personagem de um conto de terror, pois temos que aprofundar um pouco a sua psicologia de medos para poder estabelecer um bom enredo e um bom desenvolvimento.)

Dependendo do tipo de personagem que quiser criar, terá que se aprofundar um pouco mais em seu passado, em suas frustrações ou traumas para poder inventar uma boa história de terror. Foque-se nesses detalhes importantes para a narrativa e se esqueça daqueles que não têm capacidade de adicionar à história.

Se você quer saber como escrever uma história de terror, muito provavelmente gosto de escreve e não pretende se ater unicamente a esse subgênero. Quer aprender um pouco mais sobre contos e expandir sua escrita? Veja também como escrever um conto de mistério.

Como escrever um conto de terror - Defina personagens

Fuja de clichês

Independentemente de você estar atrás de desenvolver histórias de terror para trabalho de escola ou de estar pensando em uma história de terror para escrever no caderno visando unicamente a diversão que envolve o processo criativo, essa dica é bastante importante.

Se decidirmos que o elemento que causa medo em nosso conto de terror é uma pessoa, teremos que fazer o mesmo que fizemos no passo anterior, mas determinado por essa nova personagem que precisa ter uma lógica e uma veracidade naturais. Não vale mostrar um eterno malvado, temos que sair dos clichês marcados e optar por fazer um retrato psicológico esmerado com o qual o leitor possa simpatizar e conseguir entender os motivos desta personagem.

Para conseguir criar um conto que seja capaz de dar medo para valer no leitor aconselhamos você que deixe para trás os míticos temas para histórias de terror clássicos baseados em lendas de vampiros, fantasmas ou zumbis e opte por criar uma atmosfera em um ambiente cotidiano. Situar as cenas de seu conto em meios reconhecíveis pelo leitor conseguirá aumentar esse efeito que tanto procura e que seu conto triunfe; assim, opte por colocar a sua personagem em um estacionamento à noite ou em uma rua semivazia em vez de deslocá-lo até castelos encantados ou mansões abandonadas.

Além de ser mais surpreendente para o leitor justamente por fugir dos clichês, criar uma trama e vilões mais próximos da realidade aumentam as chances de causar medo em seu leitor, afinal, o elemento causador do medo parecerá algo mais próximo e possível de acontecer. Quando falamos, por exemplo, de vampiros, todos sabem que não se trata de algo real, entretanto, se falamos sobre alguém aparentemente comum mas que tem uma história amedrontadora por trás, o leitor poderá se ver mais próximo de sua história e, assim, ficar com medo da narrativa.

Construa uma narrativa coesa

Chegou o momento de começar a pensar no argumento do nosso conto de terror. O que acontece exatamente? Qual é a ordem cronológica da história? Este último ponto é importante porque, muitas vezes, as histórias de medo não começam no mesmo momento dos feitos, mas têm antecedentes passados (a morte de alguém, o abandono etc.). Assim, para poder criar um argumento lógico e sem incoerências, recomendamos a você que faça uma linha temporal onde possa marcar todos os acontecimentos que tiveram lugar até ao momento do seu conto.

Criar um esquema do argumento e da história ajudará você a escrever e a não cometer falhas como incoerências ou fios que ficam soltos. Tenha em conta que uma história de medo tem que ter todos os elementos bem explicados e coerentes para que acabe sendo um bom conto. Assim, estruture a sua informação e tenha o esquema em mente quando começar a escrever.

Dica: ainda que tenhamos recomendado fazer um esquema detalhado da sua narrativa de terror, não tenha medo de dar asas à sua imaginação quando estiver escrevendo. Deixar que as suas personagens façam algo que não se espera é algo natural e bom para um escritor, pois significa que criou personagens com vida própria. Portanto, não feche as portas de sua liberdade criadora e deixe a sua mente se mover pelos quatro cantos de seu esquema: isso sim, não perca de vista o que criou previamente porque se não o resultado pode ser caótico.

Como escrever um conto de terror - Construa uma narrativa coesa

Crie suspense

Assim como ocorre com os contos de mistério, no momento de configurar um conto do gênero de terror também temos que trabalhar de maneira muito cuidadosa o suspense do enredo. Edgar Allan Poe, um dos mestres do gênero, afirmou que para criar um bom conto não é necessário que se descreva o sangue, a faca ou o assassinato em si, mas tem que jogar com o medo psicológico, esse tipo de medo que cria uma atmosfera terrível mas sem chegar a desvendar nada. Em resumo, a ideia é de que mais vale sugerir que mostrar, essa é a regra que você tem que seguir para poder escrever um bom conto de terror.

Outro truque que existe para poder criar esse ambiente de medo e que deixa a alma do leitor apreensiva é escrevermos o conto em primeira pessoa. Fazer do nosso narrador o protagonista da história cria algo de imediato ao conto, de frescura e uma vivência pessoal com a qual será mais fácil transferir esses mesmos sentimentos ao próprio leitor.

Como escrever um conto de terror - Crie suspense

Encontre um final surpreendente

Ainda que exista um certo prazer me estarmos lendo um livro e o desenvolvimento exatamente daquele que gostaríamos, a verdade é que é sempre mais divertido sermos surpreendidos com um final criativo, lógico e que encaixe todas as peças soltas da narrativa de uma forma que nós mesmos jamais pensaríamos.

Uma ideia para criar finais interessantes para suas histórias de terror curtas é ir deixando dicas bastante sutis durante o conto de forma que, ao chega ao seu fim, o leitor irá entender ao mesmo tempo a conexão entre diversas informações que pareciam soltas e pouco relevantes antes do desfecho. Para conseguir fazer isso, você precisará primeiramente pensar no fim e, então, encontrar maneiras de colocar elementos essenciais para o desfecho durante o texto sem, claro, entregar o fim. É importante trabalhar a sutileza das informações para evitar que seu leitor consiga deduzir qual o que o aguarda no final. Todo esse mecanismo pode parecer um pouco complexo de se fazer e de fato é, mas nada que uma mistura de criatividade e prática não seja capaz de resolver.

Tenha em conta que não faz falta criar um final feliz, mas também não caia no clichê de querer criar um final apoteótico: o melhor conselho é deixar se levar pela história e ver que possibilidades você tem. Tenha em conta que os finais felizes nunca agradam, mas também não os que são forçados, assim, para que a história faça sentido, o melhor conselho é se deixar levar pelos batimentos próprios da mesma e uma vez ali se deixe guiar.

Como escrever um conto de terror - Encontre um final surpreendente

Leia contos de terror

Para saber escrever qualquer gênero textual, nada melhor do que ler, afinal, é lendo que aprendemos como o texto funciona, entendemos o que gostamos e o que nos parece desinteressante e, além de tudo, ainda conseguimos inspiração para nossas próprias histórias. Em vez de procurar temas de terror, pegue livros com contos clássicos de escritores consagrados do gênero e, além de se divertir, veja o que faz com que aquele conto seja interessante.

Veja bem, o que estamos sugerindo não é que você copie ideias, até porque a cópia tornará seu texto menos criativo e interessante. A sugestão que fazemos é que você se inspire e aprenda mais sobre o subgênero do conto de terror antes de iniciar suas escritas, algo que é feito por muitos escritores de renome de diversos gêneros textuais. Tenha em mente: todo grande escritor é, acima de tudo, um grande leitor.

Como escrever um conto de terror - Leia contos de terror

Se pretende ler mais artigos parecidos a Como escrever um conto de terror, recomendamos que entre na nossa categoria de Ciência.

Escrever comentário

O que lhe pareceu o artigo?
1 comentário
A sua avaliação:
josue
gostei,estou mesmo pensando em escrever um conto gótico,tipo de mary shelley ou bram stoker,sabe da transilvania,os carpatos,os balcas...... medo!!

Como escrever um conto de terror
1 de 6
Como escrever um conto de terror

Voltar ao topo da página