Partilhar

Como escrever uma carta formal

Por Sara Viega. Atualizado: 27 agosto 2019
Como escrever uma carta formal

Diferente das cartas de amor, uma carta formal pode ser uma correspondência profissional, motivacional, atestado, sumário, relatório de estágio, um comunicado formal, uma carta formal para embaixada, dentre outras possibilidades. Fato é que para escrever uma carta formal, independente da motivação, é necessário um ter um estilo formal, quer seja para cartas de negócios ou para ocasiões em que se pretende mostrar respeito pela pessoa com a qual se mantém correspondência ao mesmo tempo em que se passa uma mensagem clara e cordial para evitar qualquer mau entendido. Além da escrita impecável, é importante ter em conta as orientações padrão para escrever uma carta formal. Neste post do umCOMO mostramos como escrever uma carta formal, estrutura, regras e exemplos em português.

Também lhe pode interessar: Dicas para escrever uma carta formal

Carta formal: tipo de papel

Escolha um formato de papel estilizado e de alta qualidade para este tipo de carta. Deverá ser de uma cor neutra como o branco, o creme ou bege. Evite os desenhos de fundo com cores brilhantes ou distrações com elementos gráficos. Se a carta é para estabelecer um negócio, utilize papel timbrado da empresa.

Envelope da carta formal

Mesmo que a carta não seja enviada pelo correio, o envelope passa uma imagem formal e protocolada para fazer uma carta formal. Prefira um envelope do mesmo tamanho do papel. Se for dobrar o papel, dobre o mínimo possível. Quanto menos dobras, mais elegante a estrutura da carta.

Como começar uma carta formal

Tome cuidado com modelos de cartas formais prontas. Use-os como inspiração, mas não copie-os. Adapte-os às necessidades da sua carta. A seguir você confere como escrever uma carta formal passo a passo:

Para fazer uma cata formal, no cabeçalho você deverá incluir o seu endereço (remetente) no canto superior esquerdo da carta. Acrescente o endereço do destinatário no canto direito da página, de forma a ficar paralelo com o endereço do remetente.

Deixe duas linhas em branco e escreva cidade (com abreviatura do Estado entre parenteses) e a data. Certifique-se de escrever também o mês e o ano. Por isso, numa carta formal a data deve ser do seguinte formato:

"São Paulo (SP), 12 de fevereiro de 2014".

Lembre-se que na língua portuguesa os nome de meses do ano são escritos com letra minúscula.

Como iniciar uma carta

Deixe novamente duas linhas em branco e comece a carta com uma saudação apropriada. Todas as cartas precisam começar com um vocativo, ou seja, um chamado ao destinatário.

Inclua o nome do destinatário, caso saiba qual é, mas nunca chamando pelo primeiro nome diretamente. Se não conhecer a pessoa, você deve iniciar a carta com "Senhor ou Senhora" ou o pronome mais apropriado ao destinatário. O tratamento deve ser sempre formal e em casos de cargos específicos existem pronomes de tratamento específicos.

Certifique-se de incluir o título correto na saudação (como Senhor, Senhora., Doutor, Doutora, Doutor). Se o destinatário for uma mulher e você não tem certeza de como ela gosta de ser tratada, utilize o título formal de "Senhora". Apesar de as abreviaturas formais serem mais indicadas para e-mails formais, elas são aceitas na hora de redigir uma carta formal, mas o ideal é evitá-las.

Vocativos para começar uma carta

O vocativo para escrever uma carta formal sempre vai variar, de acordo com quem você esteja se redigindo, mas os mais comuns são:

  • Senhor/Senhora + nome completo ,
  • Caro/Cara + nome completo;
  • Prezado/Prezada + nome completo;
  • A quem possa interessar,..;

Como redigir uma carta formal

Pule duas linhas e comece a escrever a introdução.

No primeiro parágrafo da carta formal você deve se identificar ou se apresentar, principalmente se o destinatário não te conhece, de acordo com a situação ou pedido da carta. Veja alguns exemplos de introdução de carta formal:

  • Me chamo Sara Viega, tenho 30 anos, vivo em...
  • Sou Sara Viega, redatora, nos conhecemos em...

Então, é hora de indicar o propósito da carta formal, quer seja para solicitar informação sobre um trabalho, apresentar uma queixa ou solicitar informação. Não seja vago ou impreciso. O destinatário não tem que adivinhar a intenção da sua carta. Se você não sabe muito bem por onde começar, tente se guiar pelas perguntas da pirâmide invertida: por que, como, quando e onde, não nessa ordem necessariamente.

Dependendo do objetivo da carta e grau de formalidade é possível iniciar o propósito com algumas sentenças do tipo:

  • Venho por meio desta carta...
  • Te escrevo para...
  • Meu objetivo com esta carta...
  • Gostaria de...

Como escrever uma carta formal

Agora é hora de escrever o corpo principal da carta formal. Isto deve incluir informação relevante que apoie o propósito da carta e os justifique. Certifique-se que os seus comentários se estruturem de uma forma clara e concisa e evite a informação desnecessária.

Formato de carta formal

Para o corpo da carta, use como guia as informações usadas para montar o propósito da introdução (porque, como, onde, quando) e desenvolva essas informações de forma clara, objetiva e formal.

Se o objetivo da carta é um pedido de bolsa de estudos, por exemplo, será preciso explicar porque isso é importante para você, o que você gostaria de estudar, como, se isso traz algum benefício ao destinatário e o que mais possa ser útil, mas evite ser redundante e repetitivo.

Como finalizar uma carta formal

Crie um parágrafo final onde você comunica ao receptor o que espera dele. Por exemplo, o envio de informação, entrar em contato consigo para uma entrevista ou um reembolso. Pode fazer referência a futuros contatos se espera ver essa pessoa ou falar com ela numa data futura.

Como terminar uma carta formal

A simpatia final é muito importante para escrever uma carta formal. Finalize a carta formal usando as palavras "Cordialmente" ou "Atentamente". A primeira deve ser utilizada quando não se conhece o destinatário e a segundo quando se conhece. Algumas maneiras de finalizar uma carta formal são:

  • Agradeço a consideração,
  • Atenciosamente;
  • Atentamente;
  • Cordialmente;
  • Obrigado pelo consideração,
  • Respeitosamente.

Assinatura da carta formal

Deixe quatro linhas em branco e acrescente o seu nome e o seu cargo na empresa, se necessário. As quatro linhas permitem-lhe assinar a carta antes de a enviar.

Revise a gramática e a ortografia da sua carta mais de uma vez. Se possível, peça para que alguém de confiança leia também. Alguns artigos úteis do umCOMO para isso são:

Abaixo você confere um exemplo de carta formal:

Modelo de carta formal

Cidade (UF), 1 de janeiro de 2019,

Vocativo de tratamento e nome completo,

Apresentação do destinatário. Propósito da carta formal.

Corpo da carta e desenvolvimento dos fatos citados no propósito.

Despedida, agradecimento e simpatia final

Assinatura.

Como escrever uma carta de motivação

Dentre os tipos de cartas formais, enviar um currículo para uma oferta de trabalho ou uma empresa é um passo bastante importante para encontrar um trabalho, mas o curriculum vitae não será a nossa única introdução perante os responsáveis por recursos humanos. O CV não pode ser enviado sozinho e deve ir acompanhado por uma carta de apresentação, na qual você explicará e demonstrará as razões pelas quais você é a pessoa mais adequada para o emprego.

  1. Seja breve e conciso. Você deve convencer as pessoas sobre o seu valor, mas ninguém leria uma carta de motivação com mais de uma folha. Da mesmo forma, deve evitar as expressões rebuscadas e mirabolantes.
  2. Pesquise sobre a empresa, antes de começar a escrever a carte. Averigue quem são e o que procuram para escrever uma carta de motivação que se ajuste à empresa e destaque exatamente o que procuram. Você demonstrará que os conhece, e que tem interesse real neles.
  3. Não se esqueça de que não se trata apenas de vender sua imagem, mas também deve convencer a empresa de que você é a pessoa mais adequada e sobretudo de que está muito motivada para desempenhar esse trabalho.
  4. Comece se apresentando e recordando a oferta de trabalho para a qual está se candidatando. Pense que os responsáveis por recursos humanos gerenciam muitas coisas e receberão mais cartas.
  5. Se for uma candidatura espontânea, explique porque considera seu currículo interessante para a empresa.
  6. Destaque as qualidades, os conhecimentos e a experiência que tornam você o candidato mais adequado para o posto de trabalho oferecido. Não tem problema se não contar todos os detalhes, para isso existe o curriculum vitae que é enviado junto. Dê uma olhada neste artigo sobre como fazer um bom curriculum vitae para descobrir alguns truques que sejam mais eficazes.
  7. Acrescente em um novo parágrafo aquelas qualidades ou conhecimentos que considera destacáveis, ainda que não estejam na lista de coisas que solicitem na oferta de trabalho. Por exemplo, este é um bom lugar para assinalar que conhece um segundo ou terceiro idioma.
  8. Tudo isto deve ser incluído em uma carta de apresentação, mas o que deveria evitar? Os erros de ortografia e as repetições de palavras devem ser proibidas, bem como o uso de siglas e abreviaturas. Nenhum responsável por recursos humanos considerará o currículo de alguém que tem erros ortográficos e escreve 's' em vez de 'z'.
  9. Tenha cuidado também para não cair na auto-adulação. Evite usar o pronome 'eu', você está escrevendo em primeira pessoa, e já sabem que está falando de você.

E se o objetivo de escrever uma carta formal é o de solicitar uma reunião, veja os nossos conselhos no artigo sobre como escrever uma carta para pedir uma reunião.

Como escrever uma carta de demissão

Se você decidiu trocar de trabalho ou deixá-lo para tomar novos rumos, vai precisar de uma carta de demissão. O que é uma carta de demissão voluntária? Este texto é usado para oficializar a sua decisão e como um documento que põe fim ao contrato estabelecido entre a empresa para a qual trabalha e você mesmo. Portanto, é importante escrevê-la seguindo determinadas regras dentro de como escrever uma carta formal. Veja o que é fundamental na hora de escrever uma carta de demissão:

Existem vários modelos de cartas de demissão voluntária, porém o que importa são os pontos que vamos indicar de seguida. Não fique obcecado em utilizar expressões enfáticas, é melhor ser claro e simples e lembrar que só tem que cumprir com os pontos básicos do documento.

A primeira coisa que você deverá fazer é direcionar a carta de demissão ao responsável ou ao departamento de recursos humanos ou, caso a sua empresa não tenha um, à pessoa oficial nas relações entre empresa e trabalhadores. Pode ser, por exemplo, o administrador.

  1. Em seguida, você deve datar a carta. É importante colocar sempre a data em uma carta, mas em uma carta de demissão é ainda mais importante. A carta de demissão é a prova de que o fez bem e que cumpriu com os prazos legais de aviso de demissão. Essa data será a prova.
  2. Comece a carta colocando o nome desta pessoa, o seu cargo e departamento e o nome da empresa e o seu endereço.
  3. Você deve começar a carta anunciando que vai deixar a empresa e que a sua demissão se efetivará no dia correspondente. Inclua número do dia, mês e ano e pode também assinalar o dia exato a que calha (por exemplo, terça-feira, 19 de julho de 2013).
  4. No parágrafo seguinte, afirme que está cumprindo com este aviso perante a lei ou o convênio que regulamenta a sua profissão.
  5. Se você não souber, não se preocupe. Você pode usar uma fórmula genérica como "cumprindo com o estabelecido pela lei correspondente". Lembre-se que deve avisar a sua saída com 15 dias de antecedência no seu local de trabalho. No entanto, este aviso pode ser maior dependendo da política e regras da empresa, por isso confira sempre o que diz no contrato de trabalho que assinou. Caso o contrato de trabalho não faça referência a um prazo de aviso no caso de demissão, deverá reger-se pelo que diz a lei. Saiba mais sobre como funciona o aviso prévio quando peço demissão no nosso artigo.
  6. Acrescente uma solicitação com educação e cortesia para que no dia da sua demissão, tenham feito as contas do ordenado que lhe corresponde, bem como as contas em relação a subsídios de férias e de natal.
  7. No final, assine a carta de demissão, tanto com a sua assinatura manuscrita como com o nome completo por escrito em baixo. Você pode incluir aqui os seus dados completos (nome e endereço completo). Alguns modelos de carta acrescentam os dados na parte superior, como fazem com os dados do destinatário.
  8. E, o mais importante, não se esqueça de fazer duas cópias da carta. Quando entregar a carta no seu trabalho, terão que lhe dar uma dessas cópias carimbadas e assinadas para que você tenha uma prova de que a entregou.

Veja também: Como dizer ao chefe que vai sair da empresa

Se pretende ler mais artigos parecidos a Como escrever uma carta formal, recomendamos que entre na nossa categoria de Ciência.

Conselhos
  • Evite as cartas formais escritas à mão, não são apropriadas para uma correspondência formal.
  • Mantenha sempre um tom profissional e cordial. É importante escrever num tom agradável, mesmo que se trate de uma carta para apresentar uma reclamação. Terá mais probabilidade de receber um feedback positivo se a carta for real e verdadeira do que se for escrita com um tom irônico.
  • Guarde sempre consigo uma cópia da carta formal enviada.

Escrever comentário sobre Como escrever uma carta formal

O que lhe pareceu o artigo?
19 comentários
Naishah Georges
boa tarde eu gostaria de escrever uma carta para o diretor de uma faculdade pedindo 100% de bolsa pela falta da minha condição financeiro e de ser estrangeiro
me ajudem favor
Élia Pereira da Silva Bastista
Eu gostaria de fazer algumas perguntas para o Senado!
A sua avaliação:
Marelena
Boa noite, como devo escrever uma carta de recurso para o INSS solicitando o restabelecimento da minha aposentadoria por invalidez? Fiz 3 cirurgias no coração após ter Endocardite Bacteriana (2001) e fui aposentada, mas o INSS cancelou , por favor me ajudem a formular uma carta de até 20 linhas, obrigada.
A sua avaliação:
Marelena
Gostei muito das dicas.
A sua avaliação:
sabrina
muito bom, obrigado(a)
Editor umComo.com.br
Oi Sabrina! Que bom que gostou das dicas. Continue nos acompanhando :)
A sua avaliação:
JP Gonçalves
Ótimo precisava escrever para escola e isso me ajudou bastante em minha nota!!!
Editor umComo.com.br
Oi JP! Que bom saber isso! Muito obrigado pelo seu comentário e continue acompanhando nossa página :)
A sua avaliação:
Moises Franzotti de Souza
como escrever uma carta para um Pastor evangélico pedindo tranferência para outra igreja
Beatriz
Tenho que fazer uma carta de pedido de transferência pra mandar pra minha diretora ? Como faria isso
Raquel
Qual a formatação para escrever a carta( tamanho e estilo da letra ) ?
valdiane
eu quero flitulinha cola caleno todo flitunha so 100

Como escrever uma carta formal
Como escrever uma carta formal

Voltar ao topo da página